Buscar
  • capriconecta

Você está preparado(a) para as duas datas mais importantes do Varejo?

Como os consumidores deverão se comportar na *Best Friday e Natal de 2020


Um ano completamente atípico onde experienciamos diversos sentimentos, reflexões, movimentos diversos e até o antagonismo entre a paralização do comércio e a aceleração da imersão digital.


No nosso mercado têxtil, já começamos a sentir uma pequena melhora e as expectativas para a recuperação do mercado são altas. Já estamos no meio de setembro e chegando no trimestre mais importante do ano para o Varejo.

Pensando nisso, trouxemos um panorama sobre estas duas datas e algumas dicas para você se preparar da melhor forma possível.

Segundo os dados da Provokers, em 2014 cerca de 24% dos usuários da internet conheciam a *Best Friday, já em 2018, esse número chegou a 98%. Se o e-commerce cresce de forma acelerada, o *Best Friday cresce em saltos.



Um número cada vez maior de consumidores opta por fazer suas compras pelo celular.

55% dos pedidos online foram realizados via mobile entre quinta e sexta-feira da semana da Best Friday.


418 mil dos brasileiros compraram pela primeira vez via internet durante a Best Friday de 2019, sendo o Instagram a mídia que mais motivou as compras, após o Facebook.

R$ 3,2 BI foi o faturamento registrado durante a *Best Friday, sendo 23,6% maior em relação ao ano anterior e com pequena queda de 11% no ticket médio que foi de R$ 602,00 (Ebit Nielsen, 2019)



Os consumidores esperam por descontos agressivos, PORÉM VERDADEIROS. No Brasil, essa data acabou caindo um pouco no descrédito porque muitas empresas quiseram ser mais “espertinhas” e no final o desconto ficou tipo “a metade do triplo”. Portanto, seja coerente, verdadeiro (a) e faça o melhor desconto que puder.

As ofertas mais esperadas pelos consumidores:




Todos os anos, milhares de consumidores fazem sua primeira compra online durante a *Best Friday, e essa é a sua chance de causar uma primeira impressão relevante e impactante.

Nem todas as categorias têm a mesma demanda, mas a moda figura entre as TOP 5.





O aumento das vendas normalmente acarreta também um aumento do número de reclamações. Prepare-se para evitar os problemas mais comuns. O Brasil ainda é um dos países com menor penetração e valor médio de compra durante a *Best Friday na América Latina, por isso, temos um grande potencial de crescimento a ser explorado.


De acordo com o editor-executivo do site Vocabulary.com, o adjetivo “black” (preto, em inglês) foi adotado durante muitos séculos para retratar calamidades, ganhando espaço nos EUA do século XIX quando em 1869 dois bancos quebraram e acabaram por afetar a economia americana durante anos. A noite do Thanks Giving é celebrada na quarta quinta-feira de novembro e é sempre seguida por um feriado com abertura do varejo, o que historicamente provoca grande movimentação no consumo. No início da década de 60, policiais da Filadélfia utilizaram a expressão “Black Friday” para se referir ao trânsito e a calamidade nas ruas após o feriado de Ação de Graças. Isto porque, lojistas aproveitavam o grande volume de pessoas para abaixar preços e vender mais nesta sexta-feira. O termo, que se popularizou nos EUA, ganhou espaço em alguns outros países como o Brasil, que desde 2010 adotou fortemente a data no calendário de varejo.

Devido a todos os movimentos que estamos atravessando, precisamos repensar sobre nossas atitudes e inclusive em ressignificar termos como este que acabaram sendo “normatizados” pela sociedade. Se existe um desconforto por parte de qualquer parcela da população, neste caso da população preta, precisamos mudar esta nomenclatura. É por isso, que a Capricórnio aderiu a sugestão do escritório de tendências Vimerr.


Depois de tudo o que o mundo passou, inclusive o período tão grande de distanciamento social, o Natal será uma data de REAPROXIMAÇÃO e CELEBRAÇÃO, porque afinal de contas todos nós seremos sobreviventes da pandemia!

O ticket médio no Natal de 2019 foi de R$ 454,09 menor em relação a *Best Friday. Moda e Acessórios foi a terceira maior categoria em faturamento (7,4%) e a primeira em volume

(15,2%).


Diante dos novos hábitos atotados durante a pandemia com o fechamento das lojas devemos ter um consumidor ainda mais engajado e disposto a realizar as compras através dos canais digitais.

Soluções de logística como compra online e retirada na loja física e o drive thru serão relevantes e ainda, no ponto de venda, a digitalização empregada na narrativa de campanhas e entrega na personalização também devem ser fortes diferenciais.


Nos últimos anos surgiram movimentos como o “Anti-Best Friday”, que buscaram combater o mindset consumista de sazonalidades promocionais. Como resposta, algumas marcas chegaram até mesmo a fechar as suas portas durante a Best Friday, como é o caso da marca americana de calçados Allbirds.

Movimentos como o Anti-Best Friday, que surgiram nos últimos anos devem ganhar força em alguns países em 2020 e apesar de não acreditarmos que seja um movimento para o Brasil neste momento, é importante entender que o objetivo é combater o mindset consumista de sazonalidades promocionais.


______________________________________________________________


Compras mais assertivas, produtos de melhor qualidade e durabilidade, itens personalizados e com maior custo-benefício são ótimos caminhos e devem ser expostos de forma transparente.


___________________________________

______________________________________________________


Produtos e serviços voltados para o bem-estar e com apelo sustentável são bons caminhos e ainda o ato de se auto presentear vai da indulgência à necessidade.

ATENÇÃO! A venda a qualquer custo não é uma alternativa. Mantenha a empatia, foque nas necessidades dos seus consumidores e na experiência de compra. O atendimento em qualquer canal deve ser: ATENCIOSO, PRESTATIVO, RECEPTIVO e acima de tudo HUMANIZADO.


_________________________________________


A personalização de produtos é uma ideia também interessante para se diferenciar. A possibilidade de gravar o nome numa embalagem de presente ou até mesmo personalizar uma peça jeans por exemplo, são excelentes ofertas.


As Collabs também ganham força total – a união de marcas e designers ou marcas de diferentes mercados - vide collab da Farm com Mate Leão por exemplo.

________________________


______________________________________________________


Uma ação contínua entre *Best Friday e Natal pode garantir a fidelização do consumidor e ainda o compartilhamento de descontos e benefícios entre as redes de contato também pode ser uma ótima oportunidade – compre na Best Friday* e ative seu cupom de desconto para o Natal. indique para o seu amigo e ganhe um desconto, presenteie o seu amigo e ele ainda ganha um desconto para a próxima compra, etc.


Aproveite todas essas dicas preciosas, prepare-se e Boas Vendas!

Fontes:

Relatório Vimerr

Insights Gestão 4.0

18 visualizações

AV. ANGÉLICA, 2582 . 11º ANDAR . SÃO PAULO, BRASIL 
© 2023 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS por GIZ BRAND STUDIO