Blog da Capricórnio

Postado em 29/11/2018
Tags: brasília trends, BEFW, moda sustentável, patchwork,

Os novos nomes no jeanswear

As últimas semanas têm sido efervescentes no cenário da moda nacional. Circuitos de desfiles em São Paulo e Brasília apresentaram nomes ainda pouco conhecidos fora de suas regiões de atuação, porém com trabalhos relevantes de design e que apontam para novos caminhos na produção industrial.

No Brasil Eco Fashion Week, a tônica das coleções foi sustentabilidade, design inovador e stylling criativo. Teve desde o patchwork explorado em todas as possibilidades, até a alta costura de Ronaldo Silvestre, em parceria com a Capricórnio Têxtil. E como a ideia de moda ecologicamente correta está ligada à atemporalidade, o que se viu nas passarelas foram roupas versáteis, que podem ser usadas em qualquer estação, a qualquer tempo.

Já no Brasília Trends, predominou o mood fashionista do streetwear e do estilo esportivo, duas vertentes em alta no Verão 2019. Vamos ver o que impressionou no universo do denim?

 

No BEFW, em São Paulo, a Comas desfilou uma coleção focada na parceria com fornecedores que adotam processos sustentáveis de produção e além disso, apostou no patchwork para o melhor aproveitamento dos tecidos, gerando menos resíduos para descarte.

A Ahlma, marca com apenas 1 ano de vida, desfilou as criações desse 2018, com tecidos recuperados e reciclados, mixadas a peças garimpadas em brechó, defendendo com propriedade, o consumo consciente e o hi-lo na moda.

Com pegada mais fashionista, a marca Crioulo levou a sua versão de sportwswear chique à passarela. O denim apareceu com acabamentos interessantes, como franjas criadas com cadarço e long belt.

O designer Romildo Nascimentolevou para o Projeto Síntese, moda masculina ao estilo streetwear, com peças funcionais e cheias de efeitos como fendas e recortes.

Fotos: Reprodução